Assuntos do momento

Cultura francesa: quais são os vilarejos mais bonitos da França?

Cultura francesa: quais são os vilarejos mais bonitos da França?

Em algum momento você já pesquisou quais são os vilarejos mais bonitos da França, seja para planejar uma viagem ou apenas para conhecer melhor esse país tão belo. Muitos também querem ir além da cidade da luz, para se inteirarem ainda mais sobre a cultura francesa. Pensando nisso, resolvi trazer este texto para explicar um pouco mais sobre esses vilarejos.

Os vilarejos da França

As vilas resgatam um passado histórico medieval. Tão importante é a sua conservação que tem uma associação para protegê-las, a Les plus beaux villages de France, que reúne em seu site inúmeros pontos para conhecer. Sendo assim, selecionei cinco dos mais lindos vilarejos de diferentes regiões da França.

Gordes, Provence

Gordes já era um povoado desde o tempo do Império Romano, o que lhe relegou uma arquitetura imponente, com labirintos de pedras debruçados sobre a colina. Visto como um dos mais belos vilarejos pela associação Les plus beaux villages de France, ele guarda um castelo renascentista que hoje desempenha o papel de museu, dispondo obras do pintor belga Pol Mara. Outro símbolo são as casas de pedra construídas em formato de iglu na vila de Bories. A Abadia de Senanque é o ponto alto, especialmente quando, na extensa área externa, a lavanda floresce.

Etretat, Normandie

A região costeira de Etretat ostenta esculturas naturais chamadas falésias, que mais parecem portais esculpidos pela natureza. O impressionante é que essas estruturas gigantescas se estendem por cerca de 140 km de extensão, e cada pico tem um nome diferente. O mais famoso é o Porte d’Aval, com um formato único, construído graças a força dos golpes das ondas durante milhares de anos. Além do bálsamo de belezas naturais, que já inspiraram Guy de Maupassant e Monet, a Capela de Notre-Dame, com sua torre pontiaguda, também vale ser vista. A programação cultural do lugar é intensa, preenchida com concertos e festas temáticas todos os anos.

Riquewihr, Alsace

Os vinhedos dessa porção de terra em Alsace percorrem colinas a fio, e são responsáveis por produzir excelentes vinhos, o que deu a região o apelido “perle du vignoble”. Para além das taças degustadas, os chalés coloridos e embrenhados nas montanhas fazem crer que se está andando entre casinhas de boneca, com praças e fontes pipocando pelas ruas. Riquewihr também é contemplado com o selo Les plus beaux villages de France, sendo uma típica vila alsaciana com ares medievais. O castelo de Wurtemberg é um dos pontos altos culturais, adquirido pelo conde da cidade homônima alemã em 1324. Se o desejo é conhecê-la no friozinho, aproveite para pegar a temporada do marché de noël.

Auxerre, Bourgogne

As torres da enorme Catedral Saint-Étienne d’Auxerre são vistas desde o rio Yonne, que margeia a vila. De estilo renascentista, ela foi construída entre 1215 e 1233, ficando pronta somente por volta de 1560, completando três séculos de empenho para ser vista desde muito longe. Já a praça principal Charles-Surugue, feita exclusivamente para pedestres, parece saída de um filme de ficção fantástica, com um portal medieval dispondo um majestoso relógio. A Abadia Saint-Germain, erguida há mais de mil anos, completa o pacote histórico que Auxerre tem a oferecer.

Ornans, Franco Condado

Terra do pintor Gustave Courbet, pioneiro na arte realista, Ornans é parada obrigatória para quem quer conhecer a coleção de suas obras, em exposição no Musée Courbet. As paisagens bucólicas da vila se orgulham de ter participado de tantas telas do pintor, tal como Vue d’Ornans, e para quem quiser explorar a veia artística, há vários ateliers de pintura oferecidos. Outras surpresas estão muito bem escondidas, como as grutas e cavernas na região, além de opções mais aventurescas, como escaladas nos penhascos e canoagem.

Não deixe de me seguir no Instagram e Youtube para ficarem por dentro de vários conteúdos incríveis sobre a língua, cultura e literatura francesa! Gostou do conteúdo de hoje? Se sim, deixe o seu comentário aqui embaixo! Outra dica muito interessante é ler sobre o Arco do Triunfo na França!

Bisous,

Elisa

Participe do nosso grupo no Telegram!